Tudo o que precisa de saber sobre a gestão de frotas de veículos

0
4

As ferramentas de gestão de frotas proporcionam visibilidade sobre os veículos e o seu estado, bem como informações em tempo real sobre indicadores de desempenho. Como resultado, 75% da gestão de frotas de veículos já utilizam soluções que os ajudam a maximizar a produtividade e a eficiência e a melhorar a segurança dos condutores e dos veículos. A chave para desenvolver uma estratégia de gestão de frotas vencedora.

A gestão de frotas num ambiente de transporte rodoviário é definida como o processo adotado pelos gestores de frotas para conceber uma estratégia destinada a maximizar a segurança, a eficiência e a produtividade na organização e gestão diária de veículos comerciais, reboques, cargas e condutores.

O que faz um Gestor de Frotas de Veículos?

Os objetivos são frequentemente alcançados por uma combinação dos seguintes elementos: informações em tempo real sobre a localização e o estado dos veículos e das mercadorias. Monitorização do comportamento do condutor e das horas de condução. Informação sobre o consumo de combustível e a gestão preventiva da manutenção dos veículos.

O gestor de frota é a pessoa responsável por assegurar o correto desempenho destas atividades e a sua posição envolve a gestão de uma série de processos e tarefas-chave para a realização de objetivos logísticos e empresariais. As empresas e os gestores utilizam frequentemente soluções inteligentes que combinam fatores tecnológicos e humanos para melhorar a eficiência e reduzir os custos operacionais.

Um gestor de frota é geralmente responsável pelas seguintes tarefas:

Monitorização da frota (localização)

A localização da frota é essencial para garantir a segurança da carga e dos condutores, bem como para poder atuar em caso de acontecimentos imprevistos que exijam uma alteração da rota de transporte ideal. Os gestores de frotas utilizam as tecnologias GPS e IOT para obter a máxima visibilidade das operações, da segurança e do estado dos veículos.

Análise de dados

A análise dos principais dados de desempenho permite aos gestores de frotas tomar decisões estratégicas a médio e longo prazo e decisões táticas a curto prazo. Analisar o comportamento dos condutores para determinar as necessidades de formação, a fim de reduzir os custos de combustível, seria um exemplo de uma decisão estratégica resultante da análise das informações fornecidas pelo sistema de gestão de frotas.

Cumprimento das horas de trabalho do condutor

As funções do gestor de frota incluem também garantir que o registo das horas de trabalho do condutor é corretamente processado pelo tacógrafo, comforme a regulamentação aplicável em cada caso.

Aquisição de veículos

O planeamento da aquisição de novos veículos é geralmente da responsabilidade do gestor de frota. A aquisição tem de ser avaliada e prevista através da análise de informações para determinar a eventual necessidade de novos veículos num futuro próximo.

Segurança dos condutores

Um dos maiores desafios para os gestores de frotas é garantir um comportamento de condução seguro por parte dos condutores, que logicamente estarão a uma certa distância e em movimento quase constante.

Retenção de condutores

A prevenção da falta de condutores é também um elemento a gerir pelo gestor de frotas. A conceção de estratégias de fidelização de condutores é essencial para garantir que a nossa empresa tem sempre os melhores profissionais.

Reduzir o custo total

Num sector com margens reduzidas como o transporte de mercadorias e passageiros, a gestão dos custos torna-se crítica. O gestor de frota tem de traçar um plano para minimizar os custos e maximizar a produtividade.

Já sabe o principal sobre a gestão de frotas de veículos, para poder escolher da melhor maneira a empresa parceira para obter os melhores resultados com o controlo da sua frota.

Votos: 13 | Pontuação: 3.7

No votes so far! Be the first to rate this post.

Partilhar este artigo